Bruno Henrique é só advertido por expulsão contra o Vasco e volta ao Flamengo na semifinal do Carioca - FLA NEWS

Breaking

FLA  NEWS

As notícias do Mengão você encontra aqui

Atlético-PR X Flamengo

Publicidade

Enquete da Semana: Deixe o seu Voto

Bruno Henrique é só advertido por expulsão contra o Vasco e volta ao Flamengo na semifinal do Carioca

Atacante ainda será julgado por cartão vermelho contra o Fluminense em data a ser marcada.


Bruno Henrique está liberado para voltar ao Flamengo na semifinal do Campeonato Carioca, contra Bangu ou Fluminense – dependendo do resultado da final da Taça Rio. O atacante foi julgado nesta sexta-feira no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), pela expulsão no clássico contra o Vasco no último dia 9, e foi apenas advertido. Ele, porém, ainda terá outro julgamento, ainda sem data marcada, pelo cartão vermelho contra o Fluminense na última quarta-feira.
O atacante recebeu o segundo cartão amarelo após o fim da partida por reclamação . Na súmula, o árbitro Wagner Magalhães do Nascimento relatou o que ouviu do jogador: "Você é fraco e não apita nada". Bruno Henrique foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por "assumir conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva", e poderia ser suspenso por seis jogos, mas pegou um convertido em advertência por unanimidade.

No entanto, dependendo da data do novo julgamento, Bruno Henrique ainda pode ficar fora dos jogos da decisão do Carioca, caso o Flamengo chegue até lá. O atacante deve ser enquadrado por "jogada violenta" após ter acertado o joelho de Gilberto com as travas da chuteira na última quarta-feira . E como já foi advertido nesta sexta, ele não será mais réu primário quando voltar a ser julgado e não poderá mais ser advertido: terá que ser punido ou absolvido.

Por sua vez, o preparador físico Alexandre Sanz, também enquadrado no artigo 258 do CBJD, pegou um jogo de suspensão e não poderá ficar no banco na final da Taça Rio. Bruno Henrique é um dos destaques do Flamengo na temporada, com seis gols e seis assistências, sendo um dos artilheiros do time no Carioca empatado com Gabigol. O atacante não esteve no tribunal no julgamento desta sexta-feira e foi defendido pelo advogado Michel Assef Filho.

Fonte: Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade