Ainda internado após incêndio no Ninho, Jhonata Ventura volta para UTI por causa de pancreatite - FLA NEWS

Breaking

FLA  NEWS

As notícias do Mengão você encontra aqui

Atlético-PR X Flamengo

Publicidade

Enquete da Semana: Deixe o seu Voto

Ainda internado após incêndio no Ninho, Jhonata Ventura volta para UTI por causa de pancreatite

Garoto é o único sobrevivente da tragédia no CT do Flamengo que segue no hospital para cuidar dos ferimentos; ele começou a passar mal após cirurgia na última segunda-feira.

Único sobrevivente da tragédia no Ninho do Urubu que ainda está internado, Jhonata Ventura foi transferido para a UTI do Hospital Vitória na noite da última terça-feira. O zagueiro foi diagnosticado com pancreatite e hepatite medicamentosa.

A mudança para a Unidade de Tratamento Intensivo se deu depois que o garoto sentiu fortes dores abdominais e passou o dia com vômitos. Jhonata passou por uma cirurgia corretiva e estética no braço para colocação de enxertos de pele. O jovem jogador tomava antibiótico há 14 dias para eliminar uma bactéria que estava alojada no local. Foi justamente depois da cirurgia que começou a passar mal.

Ainda não há detalhes sobre quanto tempo ele ficará internado na UTI, mas nesta quarta-feira ele passará por mais exames. Antes da operação havia a expectativa de que Jhonata recebesse alta por volta do dia 10, mas a internação deve estender esse prazo.

Visita especial em março.


No meio do mês passado, Diego e Juan forma até o hospital que Jhonata estava internado para fazer uma visita ao garoto. O jovem ganhou uma camisa autografada, tirou fotos com os jogadores e depois gravou um vídeo, publicado em suas redes sociais, onde falou pela primeira vez após a tragédia.

Fala, nação. Aqui quem está falando é o Jhonata. Passar que estou bem, estou me recuperando muito rápido e daqui a pouco estou aí para fazer o que eu amo. Estamos juntos.


Jhonata teve cerca de 30% do corpo queimado e ficou em tratamento no Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Pedro II, em Santa Cruz. Com ferimentos visíveis nos braços e mãos, o zagueiro demonstrou confiança e disse estar se recuperando bem para logo voltar à rotina normal. Ele é o único internado do incêndio de 8 de fevereiro. Os outros dois feridos, mas de menor gravidade, Cauan Emanuel e Francisco Dyogo já se reapresentaram ao elenco sub-17.

Entenda o caso


Um incêndio de grandes proporções atingiu o Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro, na madrugada do dia 8 de fevereiro. O Corpo de Bombeiros foi chamado às 5h17 e informou que 10 pessoas morreram, todos jogadores da base do clube entre 14 e 16 anos. Três jovens entre 14 e 15 anos também ficaram feridos, um deles, Jhonata, em estado grave. No momento do incêndio, havia 26 garotos no alojamento.

Dez mortos: Christian Esmério, 15 anos; Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, 14 anos; Pablo Henrique da Silva Matos, 14 anos; Bernardo Pisetta, 15 anos; Vitor Isaias, 15 anos; Samuel Thomas Rosa, 15 anos; Athila Paixão, 14 anos; Jorge Eduardo, 15 anos; Gedson Santos, 14 anos; e Rykelmo Viana, 16 anos.

Fonte: Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade